Com indicação de Serginho e aval de Maldini, Léo Duarte vai assinar por cinco anos com o Milan

0
Com indicação de Serginho e aval de Maldini, Léo Duarte vai assinar por cinco anos com o Milan

Por exames médicos e uma assinatura de ser jogador do Milan por cinco anos, o zagueiro Léo Duarte não treinou neste sábado no Ninho do Urubu. O zagueiro de 23 anos foi até o centro de treinamento do Flamengo, mas não foi a campo e está fora da partida contra o Botafogo, neste domingo, no Maracanã. O Milan vai pagar 10 milhões de euros – o restante, para completar 11 milhões, vai depender de bônus de performance de Léo.

Léo foi promovido aos profissionais em 2016, depois ser campeão como capitão do time rubro-negro na Copa São Paulo de juniores em janeiro daquele ano. O interesse do Milan foi recente. O ex-lateral-esquerdo Serginho, que trabalha com o empresário italiano Alessandro Lucci, entrou em contato com representantes de Léo Duarte ainda durante a Copa América para buscar mais informações do jovem zagueiro do Flamengo.

A partir daí, procurou o atual diretor de futebol do Milan, Pablo Maldini, com quem jogou no clube italiano e é seu conhecido de longa data, para iniciar as tratativas do negócio. O Milan tinha alguns nomes na lista para compra de zagueiro – a ideia original era oferecer entre 8 milhões a 9 milhões de euros, mas o Flamengo pedia quantia bem mais alta. A multa rescisória de Léo, que renovou em 2018, era de 50 milhões de euros.

Disputa vaga com revelações italianas

As últimas etapas antes da proposta era acompanhar de perto o zagueiro do Flamengo – o que aconteceu na última quarta, na partida entre Flamengo e Athletico. Apesar do empate por 1 a 1 e da eliminação nos pênaltis do time da casa, o scout italiano fez relatório sobre o jogador e deu sinal verde para o Milan preparar a oferta – que se consolidou após encontro na Itália dos dirigentes do Milan com representantes da Magnitude, empresa que cuida da carreira de Léo Duarte.

Em 2016, o Flamengo comprou 30% do percentual de Léo Duarte , junto ao Desportivo Brasil. Na mesma operação, adquiriu o mesmo percentual por Matheus Savio – R$ 350 mil por cada um. Em seguida, fez a primeira renovação de contrato do zagueiro – a segunda foi em 2018. Para fechar negócio, agora a diretoria rubro-negra ficou com 70% da transação, com o Desportivo Brasil abrindo mão de 20%, mas ficando com 5% dos 10% que tinha Léo Duarte – ou seja, o Desportivo vai levar 25% do valor total, com o jogador ficando com 5%.

O Milan tem na zaga titular, hoje, o argentino Musacchio, de 28 anos, e o jovem Romagnoli, de 24 anos. Outro zagueiro bem cotado na equipe rossonera é Caldara, também italiano, de 25 anos, que está lesionado. Léo chega para disputar vaga entre os titulares – recentemente, o zagueiro colombiano Zapata, que esteve na mira do Flamengo, deixou o clube italiano.

GLOBO ESPORTE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here