Explicar, executar e revisar. Esse tem sido o estilo do professor Jorge Jesus nos primeiros dias de Flamengo. Ou “Mister”, como pede para ser chamado nos corredores do Ninho do Urubu. Passados sete treinamentos em quatro dias de trabalho (domingo houve folga), o português tem se destacado pelo jeito didático de ser em campo e fora dele.

Atento aos detalhes, o novo treinador do Flamengo se cerca de todos os cuidados para que os jogadores compreendam minuciosamente suas orientações no dia a dia do centro de treinamento. Não são poucos os casos em que Jorge Jesus passa detalhadamente para o grupo o que espera da atividade, seja física, técnica ou tática, e acompanha de perto a prática no gramado.

Os equipamentos como o drone e a prancheta acoplada no carrinho não têm utilidade restrita ao campo. No primeiro dia de trabalho, por exemplo, JJ trocou uma atividade com bola na parte da tarde pelo que chamou de “treino de sala”. Com todo o plantel reunido, apresentou em vídeos e números os resultados e a forma de execução do que tinha acontecido horas antes no campo.

– Ele é muito didático e vai cobrar o que está mostrando. Ele nos fala o que fazer, como fazer e porquê fazer. Isso vai nos ajudar muito – disse Everton Ribeiro em entrevista coletiva logo após o primeiro contrato com o treinador.

Detalhista, Jorge Jesus chama a atenção também pelo perfeccionismo durante as atividades táticas. Não é exagero dizer que o treinador paralisa cada treinamento dezenas de vezes para correção de posicionamento e repetição de fundamentos.

A espontaneidade do português tem causado ainda momentos curiosos no departamento de futebol. As confusões linguísticas entre o português do Brasil e de Portugal são normais. Em determinado momento, um dos funcionário o chamou de “Jesus” para um questionamento. De bate-pronto, ele respondeu:

– Jesus, não. Meu nome é Jorge, mas pode me chamar de Mister.

“Mister” é uma expressão comum em alguns países da Europa, como Portugal e Espanha, para se referir aos treinadores.

Nesta terça-feira, o Flamengo continua a rotina de trabalhos em período integral com o “Mister”. O primeiro compromisso oficial está marcado para o dia 10, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Sábado, porém, será possível ter uma noção do que o português prepara em jogo-treino contra o Madureira, às 10h30 (de Brasília), na Gávea.

GLOBO ESPORTE